As melhores dicas
estão em nosso Blog

21 de Outubro
3 dicas para usar o poder das imagens no seu layout

Seja site, blog, vídeo ou materiais impressos. Uma imagem, quando bem elaborada, transmite a sua mensagem de forma rápida, simples e objetiva. Às vezes, ela nos seduz tanto a ponto de nos lembrarmos dela após meses ou até anos.

O uso de fotografias ou ilustrações em peças de comunicação é bastante comum desde as primeiras publicidades profissionais. As imagens têm papel especial no estímulo de nossas emoções, elas atraem o olhar e despertam os sentidos, induzindo-nos ao pensamento. Se não as compreendemos de imediato, recorremos ao imaginário e às experiências vividas para entendermos o seu real significado. A interpretação vai depender da percepção e sensibilidade e da vivência de cada pessoa em relação a determinada imagem.

Então como faço para utilizar bem uma imagem, para que ela faça sentido a quem a vê? Separamos 3 itens para você ficar atento:

1. Imagem Racional

Esse tipo de situação, utilizando-se na imagem de produtos ou serviços que evidenciam seus benefícios e preços é a forma mais comum, simples e direta. Não requer um estudo tão aprofundado de comportamento humano, pois ela simplesmente está ali para informar alguém sobre algo, por isso dizemos que ela é uma figura/imagem que atinge a nossa razão. Se você que está lendo nosso blog é responsável por alguma loja de varejo (mercados, eletrodomésticos e eletrônicos como exemplo) ou conhece alguém que seja, esse “tipo racional” é o melhor.

2. Imagem Emocional

Passar uma mensagem através de uma imagem e que ainda tenha o poder de despertar uma determinada emoção em quem a vê nos sugere um estudo mais focado no inconsciente do nosso público-alvo. Faça perguntas, elabore uma pesquisa como: o que ele faz? Do que ele gosta? Com quem ele se relaciona? E outras semelhantes. As marcas que vendem uma ideia ou um conceito por trás do produto ou serviço “palpável” se utilizam desse tipo de estratégia figurativa emocional. Como exemplo, a multinacional Coca-Cola, fabrica e comercializa refrigerantes ao redor do mundo, porém suas imagens em comerciais na televisão e internet, estão sempre vendendo uma emoção e não o seu produto: a felicidade. Ou seja, beber Coca trará de volta a sua felicidade ou então a aumentará ainda mais.

3. O Mix Razão-Emoção (Híbrido)

Dos três esse é o mais delicado e o menos utilizado. É uma possibilidade que precisa ser extremante analisada para que não seja um desastre! Por exemplo, uma perfumaria é um ramo que pode trabalhar com esse mix, pois seu produto, o perfume, pode ser descrito tanto de forma racional (citando preços, modo de usar, conservação, composição do líquido, validade), como de forma emocional (trabalhar com o aroma que pode te trazer benefícios de relacionamentos). Porém, geralmente só se trabalha com um ou com outro.

Gostou das nossas dicas? Bem que dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras! Que tal começar a usar elas a favor do seu negócio?

Receba contéudos exclusivos
Baixe Gratuitamente