As melhores dicas
estão em nosso Blog

16 de Dezembro
Aprenda como fazer marketing para setor financeiro

Nos últimos tempos temos visto o setor financeiro ser transformado pelo meio digital e suas tendências. Empresas nativas da internet, a exemplo dos bancos digitais, estão surgindo com o propósito de criar alternativas totalmente digitais para investimentos, transações bancárias, pagamento de contas, entre outras atividades financeiras.

Outra característica desse cenário é que essas empresas também mudaram a forma de se divulgar. Agora, as campanhas publicitárias são feitas em grande parte na internet com uma linguagem menos engessada e mais descontraída. Tudo isso obrigou as empresas tradicionais a se reinventarem e adotarem novas linguagens e formatos em suas peças publicitárias.

Continue lendo para saber como fazer marketing no setor financeiro. 

O marketing financeiro 

O marketing financeiro é responsável pela divulgação de bancos, empresas de recuperação de crédito, investidoras, assessorias contábeis, entre outras. Assim como qualquer outra empresa, para que uma entidade do setor financeiro alcance seus objetivos é necessário criar um bom plano de marketing que a ajude a se posicionar no mercado, conhecer melhor o público e ofertar os serviços que atendam as necessidades e expectativas dos clientes.

Um dos grandes desafios desse ramo é que o modelo de negócios precisa ser estruturado para um público cada vez mais jovem, o que requer a atualização também do marketing. A boa notícia é que com o marketing aliado à internet tornou-se mais fácil se reinventar e ampliar o alcance das ofertas de serviços e produtos financeiros. O que é uma ótima vantagem, principalmente se tratando de um público cujo a tomada de decisão acontece de maneira mais racional e que leva mais tempo para firmar relacionamento com a empresa.

O que considerar antes de montar um plano de marketing?

Antes de aplicar as estratégias, o primeiro passo é elaborar um planejamento de acordo com o cenário o qual a empresa está inserida e o público-alvo a ser atingido. 

A partir desses fatores as estratégias de marketing podem ser estruturadas com base nos seguintes objetivos:

Custo 

Como o nome já diz, essa estratégia está ligada aos custos que o cliente terá. A ideia é oferecer custos mais baixos para os clientes, além de condições diferentes de pagamento.

Diferenciação

O diferencial é o que destaca uma empresa das demais concorrentes. Sendo assim, essa estratégia tem como objetivo melhorar a imagem da marca e a apresentar como autoridade no seu segmento do setor financeiro. Além disso, a diferenciação busca mostrar às pessoas que a empresa tem benefícios e oferece algo que a concorrência não oferece.

Segmentação

Quando se conhece o perfil de cada público é possível segmentá-los. Essa estratégia consiste em adaptar seus produtos e serviços a fim de oferecer planos diferentes para cada um. Se você possui uma empresa consultoria tributária, por exemplo, é possível disponibilizar consultorias personalizadas para cada tipo e tamanho de empresa

Estratégias de marketing no setor financeiro

Agora que você já sabe alguns critérios que norteiam as ações de marketing, chegou a hora de conhecer algumas estratégias para o setor financeiro. 

Marketing de relacionamento

Com o aumento da competitividade no setor financeiro, muitas empresas estão focando no atendimento dos clientes e fidelização para conseguir maior lucratividade em um prazo de médio a longo. Para isso, é essencial investir no marketing de relacionamento com o objetivo de promover ações que estimulem a interação e, assim, a aproximação com o público. 

Essa aproximação é feita com base na satisfação dos clientes, que, quando satisfeitos, não só permanecem com a empresa como a indicam para outras pessoas ou organizações. Algumas medidas promovidas pelo marketing de relacionamento são: programas de fidelidade e bonificação e atendimento diferenciado. Para melhor entendimento, imagine a seguinte situação:

A fim de reter mais clientes, uma  empresa de consultoria tributária decide otimizar o seu marketing de relacionamento. Para isso, investiu no treinamento dos seus consultores com foco no atendimento e nas tratativas. Após o treinamento observou-se o aumento de feedbacks positivos e da captação de novos clientes vindos por meio da indicação. Podemos dizer, então, que o marketing de relacionamento aumenta as taxas de retenção e satisfação dos clientes, além de gerar mais valor para o público.

Redes sociais

Atualmente não dá para falar de marketing sem falar das redes sociais, afinal elas têm grande influência nas nossas vidas e nas escolhas de consumo. Por meio de estratégias de marketing voltadas para as redes sociais, as instituições financeiras conseguem quebrar a imagem burocrática, de linguagem rebuscada e distante do público. 

Além disso, com as ferramentas disponibilizadas pelas plataformas digitais é possível explorar os mais diversos formatos de comunicação para gerar informação e promover a interação direta da empresa com seus seguidores. 

Uma empresa de BPO financeiro pode, por exemplo, criar um vídeo curto explicando de forma simples e sucinta o trabalho do BPO folha de pagamento. A medida que as dúvidas dos usuários forem aparecendo a organização pode respondê-las diretamente e de forma intimista.

Conteúdo 

Outro principal pilar do marketing moderno é a produção de conteúdo rico sobre a área de atuação. Isso porque informações que tirem as dúvidas do público e mostrem o caminho para a resolução de seus problemas são tão valorizadas quanto o produto ou serviço em si. Em se tratando do mundo financeiro, assuntos relacionados a investimentos, procedimentos bancários ou gestão de empresas, por exemplo, são muito procurados nos mecanismos de busca. 

Sendo assim, fornecer informações para os usuários é uma ótima forma de estreitar relacionamentos e se estabelecer como autoridade na área.

Se uma pessoa pesquisar por  “preciso de um contador para abrir uma empresa” e encontrar a resposta para a sua pergunta no blog de uma empresa de contabilidade, as chances de ela a escolher para suprir sua necessidade são grandes. Isso porque, por meio dos conteúdos, a organização em questão demonstrou que entende do assunto e começou a estabelecer uma relação de confiança com o usuário.

Links patrocinados

A maioria das pessoas está conectada à internet durante quase todo o dia. Por isso, se tornou mais fácil atrair a atenção de possíveis clientes nas redes sociais e buscadores do que em veículos de comunicação tradicionais. Os links patrocinados são uma ótima forma de impactar o público e fazer as ofertas chegarem nas pessoas certas, no momento certo. Isso quer dizer criar anúncios que cheguem àqueles que buscaram por serviços financeiros, como investimentos, ações, seguros, empréstimos, entre outros.

Uma vantagem dessa estratégia é que ela aumenta o tráfego para seu site, blog ou rede social, além de gerar resultados rapidamente. Outra vantagem é a possibilidade de associar os links patrocinados a uma landing page  para coletar dados relevantes sobre clientes em potencial e, a partir daí,   estabelecer um canal de relacionamento por meio de campanhas de e-mail marketing. 

Lembre-se também de estudar o seu público a fundo para saber em quais plataformas eles estão e qual a melhor linguagem para ser usada nos e-mails. 

Conclusão

Foi-se o tempo em que o mercado financeiro estava nas mãos das mesmas instituições. Agora, o público pode contar com uma variedade maior de alternativas, o que aumentou seu poder de escolha. Por isso, é essencial contar com as diversas ferramentas de marketing para manter-se atualizado e abordar um público cada vez mais diverso e exigente.

 Conteúdo produzido por Business Connection

Receba contéudos exclusivos

Nosso site salva o seu histórico de uso. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para saber mais, acesse Política de Privacidade.

X
Configuração de Cookies:
Cookies Essenciais (Obrigatório)

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança e suas permissões.

Cookies Funcionais

Esses cookies coletam dados para lembrar escolhas que os usuários fazem e para melhorar sua experiência mais organizada.

Cookies Analíticos

Esses cookies nos ajudam a entender como os visitantes interagem com nosso site.