As melhores dicas
estão em nosso Blog

14 de Abril
Como posicionar sua empresa durante a Crise

A pandemia de coronavírus está causando estragos na economia global. As viagens aéreas estão sendo atingidas com força, campeonatos esportivos e grandes eventos estão sendo cancelados, os países estão colocando restrições às viagens para tentar manter o vírus fora de suas fronteiras e as autoridades de saúde pública e hospitais estão se preparando para o pior. Em tempos de crise, pode ser difícil manter a calma e ser otimista. Felizmente, para empreendedores e líderes empresariais, manter a calma em situações de pressão faz parte da do trabalho.

Tomando medidas proativas agora, você pode colocar seus negócios em uma posição mais segura para permanecer forte e se recuperar mais rapidamente quando a crise desaparecer. A China, país onde o vírus surgiu pela primeira vez, já está mostrando sinais de recuperação econômica e, por aqui, estão surgindo algumas estratégias e idéias importantes para ajudar sua empresa a se recuperar da crise gerada pelo coronavírus.

Pense em como o coronavírus afeta os clientes

Dependendo do setor em que você está, seus clientes podem estar tendo alguns novos pontos críticos relacionados ao coronavírus. Pense estrategicamente sobre como a pandemia está afetando seus clientes, o que os mantém acordados à noite e como você pode ajudar. Em seguida, você pode ajustar seu discurso de vendas e projetar seu marketing para lidar com esses desafios e preocupações específicas.

Por exemplo, seus clientes estão preocupados com as interrupções da cadeia de abastecimento ou em como gerenciar funcionários em um ambiente em que todos possam precisar trabalhar de casa? Eles estão sofrendo diretamente o bloqueio de viagens ou lutando com a incerteza geral do mercado e a desaceleração da economia?

Todos esses desafios de negócios podem ser exacerbados por uma crise como o coronavírus. Seu trabalho como empreendedor é descobrir como reposicionar seus produtos e serviços para ajudar e resolver os pontos problemáticos específicos que seus clientes estão enfrentando agora. “Se você vende soluções de videoconferência, por exemplo, esta é uma oportunidade ideal para oferecer suporte e consultoria adicionais para ajudar seus clientes a descobrir como adaptar a uma realidade de trabalho online” sugere Victor Oliveira, economista que escreve para o ReviewBox.com.br.

Se você está no negócio de logística, agora talvez seja um bom momento para entrar em contato com seus clientes com possíveis soluções para navegar pelos problemas mais recentes que afetam a cadeia de abastecimento global.

Adote novos canais de vendas

Mesmo com a maior parte do país entrando em bloqueio, as pessoas ainda querem e precisam comprar coisas, criando oportunidades para atender seu mercado por meio de canais de vendas alternativos. Se o coronavírus estiver reduzindo o tráfego de pedestres na sua zona, procure expandir suas ofertas de comércio eletrônico. “Os restaurantes na China viram uma diminuição nos clientes das lojas, mas estão vendendo mais refeições para viagem pedidas através de aplicativos”, conta Victor.

Aumente seus esforços de marketing online e vendas de comércio eletrônico.

Você pode gerar mais conversas nas redes sociais e no LinkedIn em vez de fazer reuniões pessoais de vendas. Muitas empresas B2B já estão bem posicionadas para isso, principalmente se venderem software ou outros serviços e soluções digitais. Os negócios ainda estão em andamento, mas talvez seja necessário que a parte online de sua empresa se intensifique ainda mais para sair mais forte desse momento.

Receba contéudos exclusivos
Baixe Gratuitamente